Tem gente nova na família IMPRO

O IMPRO aposentou na última semana mais três servidores municipais de Rondonópolis. Os novos membros da família do mês de agosto são:Maria Silvia Lopes de Souza, auxiliar de serviços diversos, mais de 30 anos de serviços prestados, Antônio dos Santos, técnico em sinalização viária, mais de 40 anos de carreira, Jordelina Corrêa da Silva, professora, mais 17 anos no serviço público e Francelina Fontenelle de Moraes, professora, 25 anos de profissão.

O número de concessão de benefícios do IMPRO segue num ritmo acima da média de qualquer município de Mato Grosso. Já são 1.058 beneficiários. Número que segundo o novo aposentado da entidade, Antônio do Santos, o Toninho da Setrat, comprova a competência do Instituto, que trabalha com independência e para o servidor municipal. “Eu sou prova desse trabalho. Quando decidi pedir minha aposentadoria, conversei com o Fábio. Em questão de semanas meu telefone tocou. Era para informar que eu estava aposentado. Gente, isso é dignidade, respeito e muita atenção com o servidor público. Os gestores do Brasil inteiro deveriam entender como funciona o IMPRO, que mesmo com pouquíssimos funcionários consegue um desempenho acima da média. Parabéns a todos os gerentes e servidores do IMPRO. Vocês nos representam”, elogia.

O IMPRO é um órgão público municipal, administrado 100% por servidores de carreira que fazem gestão para os pares do serviço público há mais de 7 anos. É válido lembrar que o IMPRO conta com aprovação de mais de 95% dos servidores municipais de Rondonópolis.

Atendimento

O Instituto segue executando medidas de segurança para os servidores do órgão e público em geral. Logo para solicitar atendimento presencial é necessário realizar um agendamento prévio, através dos números: 66 98429 2563 | 66 98431 2563 | 66 98431 2564 | 66 3423-6404. Os mesmos contatos também estão disponíveis para atendimento remoto.

Segurança

O IMPRO salienta que segue recomendando o uso de máscara (cobrindo boca e nariz) para servidores, prestadores de serviços, aposentados e pensionistas. A higienização das mãos também é necessária. O álcool 70%, disponível na recepção do órgão.