Professora Izelda é a última aposentada do mês de novembro do IMPRO

A professora Mª Izelda Goreth dos Santos Mangialard, uma das principais lideranças da educação municipal de Rondonópolis foi a última servidora a entrar para a família IMPRO, no mês de novembro.

A educadora dedicou mais de 30 anos da vida para a arte do ensinar. Ao longo dessas três décadas prestando serviço para a sociedade, além de professora, foi coordenadora e gestora de cargos administrativos. “Todas essas funções foram fundamentais para o processo de construção de minha identidade profissional na educação, entendendo que não basta a formação inicial e que esse processo é contínuo. Penso que é necessário o constante exercício de aprender, tanto pela necessidade que a função requer, quanto pelo desejo pessoal de crescimento. Destaco que foi um desafio o desenvolvimento de tais atividades, considerando o convívio com muitas pessoas diferentes, ou seja, com seu jeito de ser e agir. Todas elas contribuíram para que eu chegasse hoje dizendo: Conviver com vocês me fez crescer tanto pessoal, como profissionalmente. Portanto, gratidão a todos”, destaca.

A carismática educadora também relatou a experiência vivida no processo de sua aposentadoria. Como já é padrão no IMPRO, a conclusão da documentação demorou menos de 30 dias. “Gostaria de parabenizar toda a equipe do IMPRO, em especial ao Fábio que em nenhum momento negou atendimento. Gratidão pela paciência e eficiência nos trabalhos desenvolvidos junto aos beneficiários. O IMPRO tem destaque nas suas ações cotidianas, peço a Deus que continue alegrando as pessoas com a aposentadoria merecida”, completa a mais nova aposentada do IMPRO.

Atendimento

O IMPRO segue executando medidas de segurança para os servidores do órgão e público em geral. Logo para solicitar atendimento presencial é necessário realizar um agendamento prévio, através dos números: 66 98429 2563 | 66 98431 2563 | 66 98431 2564 | 66 3423-6404. Os mesmos contatos também estão disponíveis para atendimento remoto.

Segurança

O IMPRO salienta que segue recomendando o uso de máscara (cobrindo boca e nariz) para servidores, prestadores de serviços, aposentados e pensionistas. A higienização das mãos também é necessária. O álcool 70%, disponível na recepção do órgão.