ORGANIZAÇÃO E EFICIÊNCIA: IMPRO chegará à marca mil aposentados nesta sexta-feira

O Instituto Municipal de Previdência de Rondonópolis – IMPRO está próximo de alcançar mais uma marca histórica. A autarquia recebe nesta sexta-feira (05) um novo grupo de servidores, que assinarão a portaria de aposentadoria e completarão o quadro de mil beneficiários do órgão.

Atualmente o número de aposentados e pensionistas do IMPRO é de 996.

O diretor executivo do IMPRO, Roberto Carlos Correa de Carvalho destaca que o número expressivo será alcançado pelo novo sistema de gestão, implantado há quase 8 anos pela atual diretoria.

Tudo foi feito num tripé que tem como alicerce a organização, atendimento humanizado e compromisso com o servidor público. “Hoje nós temos um órgão que funciona, que promove atendimento de excelência como poucos e que segue promovendo crescimento no patrimônio líquido. Estamos bem perto de receber novos colegas que vão ajudar a romper a barreira dos mil beneficiários. Que sejam bem-vindos a família IMPRO. Posso garantir que estão entrando para o quadro de uma empresa pública que está entre as mais organizadas e comprometidas de Mato Grosso”.

O gerente de benefícios, Fábio Lima, pontua que outra grande mudança no IMPRO, durante a atual gestão, foi a velocidade nos processos de concessão de benefícios. A guinada começou com a modernização do sistema e seguiu a digitalização dos documentos. “Hoje ficou tudo bem mais rápido. O trâmite dos processos, que antes levava semanas, meses agora não é bem mais célere. Tudo que precisava está na frente da tela do computador. O tempo médio para concessão de uma aposentadoria caiu para menos de 30 anos. Isso é fato raro, a nível de Brasil. Enfim, foram essas mudanças, aliadas aos diretores e servidores extremamente organizados, que tornou possível alcançar a incrível marca de mil aposentados e pensionistas, ainda nos anos de 2023. Se Deus quiser, vamos chegar a outros números históricos”, destaca.

Mudança que fica mais clara em números: Em julho de 2015, quando a atual administração foi empossada o quantitativo de aposentados e pensionistas era de 510. Passados quase 8 anos essa marca aumentou em quase 100%

Patrimônio líquido

Mesmo com quase o dobro de benefício para pagar, o IMPRO seguiu garantindo o bem maior do servidor público, que é patrimônio líquido da entidade. A “poupança” que vai garantir o pagamento de aposentados e pensionistas pelas próximas décadas apresentou valorização inédita na história dos quase 24 anos do IMPRO.

Há 94 meses, o patrimônio líquido era de quase R$ 124 milhões. Hoje, segundo a consultoria de investimentos Sete Capital, o montante se aproxima dos R$ 320 milhões. A valorização nesse intervalo é de quase 170%.