Número de aposentados e pensionistas do IMPRO chega a 730

O IMPRO – Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Rondonópolis encerra o 1º quadrimestre de 2019 com 730 aposentados e pensionistas. Em julho de 2015, quando atual administração começou os trabalhos, o órgão contabilizava 509 beneficiários.

Nesta semana a autarquia recebeu mais duas aposentadas. Kátia Morais do Prado, foi por 18 anos servidora do município na função de auxiliar de serviços diversos. A carismática trabalhadora foi aposentada por invalidez, devido a um problema na visão, reconhecido por laudo médico da junta médica oficial do município.

A outra servidora que agora integra a família IMPRO é a professora Ivonete Lopes Inácio. Foram 25 anos dedicados para escolas municipais do ensino fundamental.

As novas integrantes do quadro de beneficiários da autarquia são mais dois exemplos de como a modernização do IMPRO deu celeridade nos processos, que agora duram menos 30 dias. De acordo com o gerente de benefícios do IMPRO, Fábio Lima, o  banco de dados atualizado após o Censo Previdenciário, realizado em 2017 e o novo sistema de informação geram impacto direto na agilidade dos pedidos. “Está tudo muito mais rápido. Sem a burocracia de tempos atrás conseguimos promover atendimento de excelência para o servidor. Isso gera conforto para o trabalhador e para a família. Nosso sistema está passando por aperfeiçoamentos, que deve diminuir ainda mais o tempo resposta funcionário municipal ou pensionista”, destaca.

A nova política de valorização do servidor municipal foi implantada em julho de 2015 e uma das metas é promover celeridade nos pedidos de benefícios. “Começamos esse trabalho há pouco mais de 3 anos. Hoje estamos colhendo ótimos resultados. Os dados dos servidores agora estão 100% digitalizados. Uma pesquisa agora dura minutos, antes eram horas e até dias. Essa gestão trabalha sempre pelo respeito daqueles que contribuíram por anos com o IMPRO”, completa Roberto Carlos Correa de Carvalho, diretor executivo do IMPRO.