Nota de esclarecimento sobre posicionamento da Prefeitura contra duas servidoras IMPRO

Nota de esclarecimento sobre posicionamento da Prefeitura contra duas servidoras IMPRO

O Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Rondonópolis – IMPRO, através do seu diretor executivo Roberto Carlos Correa de Carvalho vem a público para prestar os esclarecimentos necessários sobre o fato ocorrido nesta sexta-feira (27).

 

Diretoria e servidores do IMPRO foram pegos de surpresa com o comunicado da Prefeitura Municipal de Rondonópolis, número 316/2018, assinado pela Secretaria Municipal de Governo Mara Glebe Ribeiro Clara de Fonseca. A titular da pasta, pediu em caráter de urgência o retorno imediato das servidoras Daniela Borges da Silva Silvio e Juceleide Monteiro Souza para suas secretarias de origem. As duas requisitadas são classificadas como apoio instrumental e pelo comunicado serão reintegras Secretarias Municipal de Transporte e Trânsito e Secretaria Municipal de Habitação e Urbanismo, respectivamente.

 

Para o IMPRO, a decisão foi tomada como forma de retaliação ao resultado das últimas eleições do Instituto, que teve com vitorioso Roberto Carlos Correa de Carvalho. As servidoras já manifestaram o desejo de permanecer onde estão, uma vez que no IMPRO foram qualificadas e ocupam cargos de suma importância para autarquia.

 

Juceleide Monteiro Souza é responsável pelo atendimento de aposentados e pensionistas. Nos últimos três anos foi a servidora mais elogiada do IMPRO.

 

Daniela Borges da Silva Silvio exerce função administrativa, passou por inúmeras qualificações até alcançar o posto de pregoeira. As duas servidoras está há mais três anos no IMPRO, sem qualquer tipo de advertência ou problemas de convívio.

 

O IMPRO ainda confia no bom senso do poder público, para que tal decisão, considerada descabida e precipitada, seja revista, uma vez que existem servidores de outros setores com pedido de remanejamentos protocolados para as pastas citadas.