Médico ultrassonografista é o primeiro com aposentadoria especial do IMPRO

O Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Rondonópolis – IMPRO acaba finalizar a primeira portaria de aposentadoria especial do órgão.

O benefício foi concedido para o médico ultrassonografista, Elemar dos Santos Bertinetti.

Para o reconhecimento da aposentadoria especial, o especialista procurou a Prefeitura de Rondonópolis e se submeteu ao LTCAT – Laudo Técnico das Condições do Ambiente do Trabalho. O procedimento é exigido por lei e tem como finalidade identificar a exposição aos agentes físicos, químicos, biológicos, periculosos ou à associação destes agentes prejudiciais à saúde ou integridade física do trabalhador. “Depois que recebi o LTCAT comprovando minha função especial foi bem rápido. Liguei para o pessoal do IMPRO, depois levei a documentação necessária e em menos de 30 dias consegui minha aposentadoria. Fui muito bem atendido”, destaca Bertinetti.

O diretor executivo do IMPRO Roberto Carlos Correa de Carvalho explica que só com a produção do LTCAT é possível confeccionar o PPP Perfil Profissiográfico Previdenciário. O documento também é exigido por lei. “O PPP, que também é um documento fornecido pela Prefeitura é o complemento do LTCAT. É o passo final para o processo de reconhecimento de aposentadoria especial. Estamos felizes por conseguir pegar um processo desse, que costuma ser moroso e aplicar boa celeridade. Nossos servidores merecem respeito. Estamos à disposição para atender outros colegas que queiram informações para iniciar o procedimento e reconhecimento da aposentadoria especial”.

Novo membro

Elemar dos Santos Bertinetti, encerrou sua carreira no serviço público com 26 anos de contribuição. Tomou posse como servidor público na função de Médico ultrassonografista, no ano de 1994. Sua portaria foi assinada pelo então prefeito Rogério Salles.