Jovens e solteiros são os que mais investem em previdência

Foto: Caio Meirelles/Creative Commons

Um levantamento feito pela Brasilprev, empresa de previdência privada aberta do Banco do Brasil, mostra que os jovens e solteiros são a maioria entre os investidores em previdência privada. De acordo com o levantamento feito entre a base de clientes da companhia, 60% são solteiros e apenas 34% são casados.

Quando observada a divisão por idade, a pesquisa aponta que 25,2% dos investidores são jovens de até 20 anos, 23,2% têm entre 31 e 40 anos, 17,4% têm entre 41 e 50 anos, e 15,4% são clientes entre 21 e 30 anos. As faixas etárias que menos aplicam são entre 61 e 70 anos (4,8%) e mais de 70 anos (3,2%).

Outro dado apresentado na pesquisa é que a categoria VGBL é a mais popular, com 62% das aplicações. Também foi constatado que 53% dos clientes optaram pela tabela regressiva do Imposto de Renda, indicando perspectiva de manter o plano por um prazo longo.