Inaugurado primeiro Centro de Formação de Instrutores e Treinadores de Cães-Guia do País

Centro de Formação de Instrutores e Treinadores de Cães-Guia faz parte do Plano Nacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência, Viver sem Limite

Sesi-SP Centro de Formação de Instrutores e Treinadores de Cães-Guia faz parte do Plano Nacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência, Viver sem Limite Ampliar

Centro de Formação de Instrutores e Treinadores de Cães-Guia faz parte do Plano Nacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência, Viver sem Limite

Foi inaugurado, em Camboriú (SC), o primeiro Centro de Tecnológico de Formação de Instrutores e Treinadores de Cães-Guia do País. O local, que foi instalado no campus do Instituto Federal Catarinense e contará com quatro salas administrativas, alojamento com dez dormitórios, canil com capacidade para 45 cães, maternidade e uma clínica veterinária.

Durante a solenidade de inauguração do centro, o Diretor de Políticas Temáticas da Pessoa com Deficiência, Roberto John Gonçalves, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), ressaltou a importância do centro e parabenizou a vanguarda do estado de Santa Catarina. “Os CTs são importantes pela inovação da tecnologia. O País está dando um passo adiante na promoção dos direitos das pessoas com deficiência”, afirmou. O Secretário de Gestão da SDH/PR, Gleisson Rubin, também participou do evento.

Os centros fazem parte do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Plano Viver Sem Limite, para promover, por meio da integração e articulação de políticas, programas e ações, o exercício pleno e equitativo dos direitos das pessoas com deficiência, tendo como eixos a educação, inclusão, saúde e acessibilidade.

Centros

No Brasil existem 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. Destas, cerca de 528.624 pessoas possuem deficiência visual, segundo o Censo do IBGE 2010. Somente na região Nordeste são 129.465 pessoas que não enxergam e outras 2.062.990 que têm grande dificuldade de enxergar.

Apesar das conquistas recentes no País, as pessoas com deficiência visual enfrentam grandes desafios, como a dificuldade para se deslocar com segurança e autonomia pelas ruas, locais públicos e demais ambientes da cidade. O cão-guia é um importante recurso.

Plano Viver sem Limite

Lançado pela presidente Dilma Rousseff em 17 de novembro de 2011, o Plano Viver sem Limite pretende investir até 2014 cerca de R$ 7,6 bilhões em educação, saúde, inclusão social e acessibilidade.

O Viver sem Limite prevê a implantação, até 2014, de outros seis Centros de Treinamentos de Cães-Guia: Sergipe (São Cristóvão); Amazonas (Manaus); Ceará (Limoeiro do Norte); Espírito Santo (Alegre); Goiano (Urutaí); e Sul de Minas (Muzambinho).

Com os novos centros, o Brasil passa a ser o único País da América Latina detentor deste tipo de formação.  Este tipo de qualificação, se for feito fora do país, custa em  torno de US$ 25 a 30 mil. Nos centros, os profissionais recebem certificados como treinadores e instrutores para a formação de duplas  – pessoa com deficiência visual e o cão-guia.