IMPRO recebe cinco novos aposentados e chega a 1.058 beneficiários

A família IMPRO segue crescendo e ritmo acelerado. Mais cinco servidores “penduraram as chuteiras” e entraram para o time de um dos melhores institutos de previdência do Brasil.

Os mais novos aposentados são: Antônia Maria Oliveira da Silva, auxiliar de serviços diversos, mais de 30 anos no serviço público. Deusdedith de Jesus Gonçalves, auxiliar de serviços diversos, quase 22 anos de prestação de serviços para a sociedade, Carlos Agostinho Duarte Júnior, motorista, quase 37 anos na função pública, Jovina Francisca de Deus Costa, auxiliar de serviços diversos, mais de 30 anos de experiência no município e Laura Luciana Rocha dos Santos, professora, com quase décadas dedicadas à arte do ensinar.

“O IMPRO segue recebendo uma grande demanda de novos beneficiários e trabalhando para reduzir ainda mais o tempo de espera para concessão de benefícios. Estamos entre os órgãos previdenciários mais céleres do Brasil, mas nosso objetivo é ser o mais rápido do país e com essa equipe de grande competência e profundo conhecimento técnico vamos chegar lá”, destaca Roberto Carlos Correa de Carvalho, diretor executivo do IMPRO.

Estão no quadro de beneficiários do Instituto, 202 pensionistas e 856 aposentados.

O IMPRO é um órgão público municipal, administrado 100% por servidores de carreira que fazem gestão para os pares do serviço público há mais de 7 anos. É válido lembrar que o IMPRO conta com aprovação de mais de 95% dos servidores municipais de Rondonópolis.

Atendimento

O Instituto segue executando medidas de segurança para os servidores do órgão e público em geral. Logo para solicitar atendimento presencial é necessário realizar um agendamento prévio, através dos números: 66 98429 2563 | 66 98431 2563 | 66 98431 2564 | 66 3423-6404. Os mesmos contatos também estão disponíveis para atendimento remoto.

Segurança

O IMPRO salienta que segue recomendando o uso de máscara (cobrindo boca e nariz) para servidores, prestadores de serviços, aposentados e pensionistas. A higienização das mãos também é necessária. O álcool 70%, disponível na recepção do órgão.