IMPRO apresenta superávit de quase R$ 206 mihões e garante pagamento de benefícios até 2037

A situação financeira do Instituto de Previdência Social dos Servidores de Rondonópolis – IMPRO é a melhor de sua história. De acordo com dados apresentados, no intervalo de agosto de 2015 até dezembro de 2017 a carteira de investimentos do órgão subiu 60%, chegando ao saldo financeiro de quase R$ 206.


O último investimento aprovado pelo Comitê de Investimentos foi de R$ 8,5 milhões, que serão aplicados em bancos públicos. Conforme explica a gerente de finanças e investimentos Lucinete Rodrigues de Oliveira, desde que assumiu o órgão, no segundo semestre de 2015, a atual diretoria prestigia ações com bancos públicos pela seguridade com o dinheiro de servidor. "Bancos públicos não exigem carência para o resgate do dinheiro. Nós temos a liberdade para resgatar os valores a qualquer momento. Isso é uma precaução que elimina riscos e garante rentabilidade dos valores que há 2,5 anos seguem com execelente rentabilidade".


Com aplicações apresentando superávit na casa dos R$ 200 milhões, o IMPRO garante pagamento dos benefícios de aposentadorias e pensões até o ano de 2037. "É sem dúvida um grande número. Se alguma coisa acontecer com o órgão, nenhum servidor será prejudicado pelas próximas duas décadas. É algo raro quado se fala em previdência. A nível de Brasil, no quesito saúde financeiro, o IMPRO está sem dúviga alguma entre os Regimes de Próprios de Previdência Social mais estabelizados do país", afirma conta Roberto Carlos Corrêa de Carvalho, diretor do IMPRO.


Comitê de Investimentos


A composição do Comitê de Investimentos do IMPRO para o triênio 2015/2018 é formando pelo Diretor Executivo do IMPRO Roberto Carlos Corrêa de Carvalho, a Gerente de Finanças e Investimento do IMPRO, Lucinete Rodrigues de Oliveira, pelo Secretário Municipal de Finanças Rodrigo Silveira Lopes, pelo Procurador do IMPRO Danilo Ikeda Caetano e pela funcionária pública e membro do Conselho Fiscal Olívia Oliveira Muniz.