Patrimônio líquido do IMPRO já é de R$272.723.453,60; valorização de 130% em 5 anos

A expectativa da gestão de finanças e investimentos do IMPRO foi confirmada. O bom trabalho da Diretoria Executiva, Gerência de Finanças e Investimentos, Comitê de Investimentos e da Consultoria de Investimentos Sete Capital promoveu em 2020 uma grande rentabilidade no patrimônio líquido da autarquia.

Mesmo com o mundo dos negócios chacoalhado pela pandemia, a evolução do patrimônio líquido do IMPRO foi de 8,51 %. O saldo em janeiro de 2020 era R$ 251.327.550,85, doze meses depois, com a valorização de R$ 21.395.902,75 o montante foi para R$272.723.453,60. “Reitero mais uma vez, que esse bom resultado é fruto da política de investimentos do IMPRO. Foi adotada logo nos primeiros dias dessa gestão e assim estamos colhendo bons resultados e menos expostos a crises mundiais. A expectativa para 2021 é muito boa, agora é trabalhar dobrado para fechar esse ano com nova rentabilidade”, destaca Lucinete Rodrigues de Oliveira, gerente de Finanças e Investimentos do IMPRO.

O resultado foi muito comemorado, também, pelo diretor executivo do IMPRO, Roberto Carlos Correa de Carvalho. “Notícia maravilhosa, fechamos 2020 com um bom retorno. Em vista de como foi o ano passado é sem dúvida, motivo para comemoração e parabéns a todos que dedicaram tempo, estudo e responsabilidade com nosso Instituto”.

Desde 1º de julho de 2015, a atual gestão do IMPRO prioriza investimentos em entidades públicas. A decisão potencializou as aplicações do órgão. Há 5 anos o patrimônio líquido era de R$ 119 milhões. A valorização nesse intervalo de 60 meses é de 130%.