Impro inicia projeto para reutilização de copos não descartáveis

O Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Rondonópolis – IMPRO iniciou na terça-feira (01), o processo para reutilização de copos não descartáveis para serem utilizados pelos servidores do órgão.

Cada funcionário recebeu uma caneca, que deverá ser guardada junto com o material pessoal de cada colaborador.

O projeto é uma inciativa da gerente de administração do IMPRO, Rozimar Auxiliadora da Cunha. Ela lembra que a substituição de copos descartáveis, por reutilizáveis é tendência mundial, que diminui a produção de resíduos e ainda gera economia para a casa. “Quando calculei a quantidade de copos que estávamos gastando a cada 12 meses fiquei impressionada. São mais de 1.200 unidades, que ia direto para o saco de lixo. Sem essa compra teremos uma economia anual de R$ 1.200,00”, explica.

Copos descartáveis são um dos principais problemas poluição e agressão ao meio ambiente. De acordo com estudo publicado pela Universidade Estadual de Campinas – Unicamp, o tempo estimado para decomposição de um copo plástico varia de 250 a 400 anos.

Coleta seletiva

No mesmo dia ainda foi implantado o processo de coleta seletiva no IMPRO. O trabalho que já era realizado pela atual diretoria foi aperfeiçoado. A meta agora é diminuir a produção de lixo orgânico e aumentar o processo de reciclagem de tudo que tiver reaproveitamento. “Nós agora temos um local para descarte lixo orgânico e outros dois para o recolhimento de plástico e papel. Nas salas, as lixeiras ficaram exclusivas para depósitos de reciclados. A meta agora conscientizar que todos pratiquem esse processo em suas residências”, completa Rozimar.