Bons investimentos afastam IMPRO da crise econômica e garantem saldo positivo da carteira

Membros do Conselho Curador do Instituto Municipal de Previdência dos Servidores de Rondonópolis – IMPRO estiveram reunidos, em ambiente virtual, na última semana para apreciação do relatório de investimentos do segundo trimestre de 2020.

Os números apresentados demonstraram mais uma vez que o IMPRO segue promovendo boas escolhas para monetizar sua carteira de investimentos. Segundo relatório disponibilizado pela empresa de consultoria financeira do IMPRO, Sete Capital o saldo é positivo e com crescimento em relação a 1º trimestre de 2020. De acordo com a Sete Capital carteira de investimentos do IMPRO nos meses de abril, maio e junho chegou a de R$ 255.730.111,03 (duzentos e cinquenta e cinco milhões, setecentos e trinta mil, cento e onze reais e três centavos).

O Consultor Financeiro da Sete Capital  Roulien Paiva Vieira também apresentou uma prévia dos meses iniciais do segundo semestre de 2020.  Mesmo com a retração de 5% do PIB nacional, a carteira de investimentos teve rentabilidade positiva de 2%. “O IMPRO está três vezes melhor que o mercado financeiro nacional em saúde econômica. O resultado é excelente”, pontua o especialista.

Atualmente, o patrimônio líquido do IMPRO passa dos R$ 260 milhões. O saldo é quase 120% maior que julho de 2015, quando a atual diretoria assumiu o Instituto. No início da gestão, que vem estabelecendo marcas históricas, o bem maior do servidor público municipal era de R$ 119 milhões.

Também participaram do encontro: Rozalina Carvalho Gomes Ruiz (presidente do Conselho), Loamir Cardoso da Silva (membro do Conselho), Juvenal Paiva da Silva (membro do Conselho), Deusdete Pereira da Silva (membro suplente do Conselho), Rozimar A. da Cunha (IMPRO) e Lucas Calixto Calaça, Consultor Externo da Sete Capital.