Aposentados e pensionistas do IMPRO já são mais 750

O IMPRO – Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Rondonópolis fechou o mês de setembro de 2019 com o quadro de beneficiários superior a 750. Este número está dividido entre aposentados e pensionistas.  Em julho de 2015, quando atual administração começou os trabalhos, o órgão contabilizava 509 beneficiários.

A família IMPRO não para de crescer. As duas recém-chegadas ao time são servidoras da rede municipal de ensino. 

A educadora Antônia Benedito Pinto de Almeida, encerra sua trajetória de 28 anos no próximo dia 14 de outubro. A servidora exerceu as funções de professora, diretora, coordenadora e professora da apoio. Com o merecido descanso pretende dedicar mais tempo para a família. "A partir da próxima semana estarei aposentada. Agora vou ter muito mais tempo para curtir meus netos".

Quem também está com um sorriso de orelha a orelha é a Marly Souza Brito Farias. Professora de formação, também ocupou as funções de coordenadora pedagógica, diretora e apoio pedagógico. São 26 anos dedicados para arte do ensinar. A educadora cita a sensação de alívio em conseguir aposentadoria antes das novas regras, que futuramente poderão influenciar no tempo de contribuição do servidor público. "Aposentadoria ficará bem mais complicada num futuro próximo, com certeza fico mais tranquila. Estou feliz em ter cumprido minha missão. Agora pretendo descansar bem a cabeça e dedicar todo o tempo do mundo para família, amigos e viajar um pouco". 

As novas integrantes do quadro de beneficiários da autarquia são mais dois exemplos de como a modernização do IMPRO deu celeridade nos processos, que agora duram menos 30 dias. A nova política de valorização do servidor municipal foi implantada em julho de 2015 e uma das metas é promover celeridade nos pedidos de benefícios. 

A tendência é que esse tempo de espera seja ainda mais reduzido. Todo o banco de dados do IMPRO foi digitalizado. A procura de informações que antes demorava dias, agora leva poucas horas. Dentro de alguns meses, todo o sistema estará integrado e a tramitação dos processos ganhará mais celeridade.